sexta-feira, 20 de junho de 2008

Deixe aflorar toda a sua doçura

Às vezes, fico me perguntando porque é tão difícil ser transparente...
Costumamos acreditar que ser transparente é simplesmente ser sincero, não enganar os outros. Mas ser transparente é muito mais do que isso.
É ter coragem de se expor, de ser frágil, de chorar, de falar do que a gente sente...
Ser transparente é desnudar a alma, é deixar cair as máscaras, baixar as armas, destruir os imensos e grossos muros que insistimos tanto em nos empenhar para levantar...
Ser transparente é permitir que toda a nossa doçura aflore, desabroche, transborde.
Mas infelizmente, quase sempre, a maioria de nós decide não correr esse risco.
Preferimos a dureza da razão à leveza que exporia toda a fragilidade humana.
Preferimos o nó na garganta às lágrimas que brotam do mais profundo de nosso ser...
Preferimos nos perder numa busca insana por respostas imediatas a simplesmente nos entregar e admitir que não sabemos, que temos medo!!!
Por mais doloroso que seja ter de construir uma máscara que nos distancia cada vez mais de quem realmente somos, preferimos assim: manter uma imagem que nos dê a sensação de proteção.
E assim, vamos nos afogando mais e mais em falsas palavras, em falsas atitudes, em falsos sentimentos...
Não porque sejamos pessoas mentirosas, mas apenas porque nos perdemos de nós mesmos e já não sabemos onde está nossa brandura, nosso amor mais intenso e não-contaminado..
Com o passar dos anos, um vazio frio e escuro nos faz perceber que já não sabemos dar e nem pedir o que de mais precioso temos a compartilhar...
doçura, compaixão...
a compreensão de que todos nós sofremos, nos sentimos sós, imensamente tristes e choramos baixinho antes de dormir, num silêncio que nos remete a uma saudade desesperada de nós mesmos...
daquilo que pulsa e grita dentro de nós, mas que não temos coragem de mostrar àqueles que mais amamos.
Porque, infelizmente, aprendemos que é melhor revidar, descontar, agredir, acusar, criticar e julgar do que simplesmente dizer: “você está me machucando... pode parar, por favor!”.
Porque aprendemos que dizer isso é ser fraco, é ser bobo, é ser menos do que o outro.
Quando, na verdade, se agíssemos com o coração, poderíamos evitar tanta dor, tanta dor... Sugiro que deixemos explodir toda a nossa doçura.
Que consigamos não prender o choro, não conter a gargalhada, não esconder tanto o nosso medo, não desejar parecer tão invencíveis...
Que consigamos não prender o choro, não conter a gargalhada, não esconder tanto o nosso medo, não desejar parecer tão invencíveis...
Que consigamos não tentar controlar tanto, responder tanto, competir tanto...
Que consigamos docemente viver... sentir, amar...e com isso, a gente Fique Feliz!!
Estou correndo com as coisinhas da festa junina, pois as crianças acho que vão adorar e todo o trabalho vai valer a pena, ta ficando lindo depois mostro as fotos pra vcs....
Bom dia!
Gezinha

9 comentários:

maiu :) manchinha da vaca disse...

Olá Gezinha,
fiquei triste por ter saido do grupo tambem, espero um dia adiante voltar. Mas não queria ser injusta e apenas aparecer de vez em quando, mas no momento presente não esta dando p/ ser. Estou tirando carta de motorista, e esta uma correria só... juntando as outras coisas. Espero que não fique magoada comigo! Adoro muito as pessoas e não gosto de aparecer somente de vez em quando! Mas é isso, obrigada por visitar meu cantinho sempre que dá :) Adoro ver quando tem um comentário seu por lá!!!
Beijinhos minha querida e tenha um otimo fim de semana!

Pamella Chayni disse...

Ola Gezinha querida obrigada pela visitinha e pelo carinho vc é um amorrrrr beijosss e um otimo final de semana

Croche da Naninha disse...

Amiga meu comentario vai ser um pouco grande ta nao se canse de ler é pq nao vim te visitar nos ultimos dias entao tenho que por tudo em dias rs
vamos la entao...

posso falar que vc nem imagina o qnto gostei do seu pano de prato bordado MASSAS pq eu amo macarrao simplismente adorei !!

Aquela visão de sua sacada do frio dai me lembrei daqui na segunda feira fez um frio horrivel!!e vc sabe o qnto destesto frio!!

E os tecidos que vc comprou nossa cada estampa super alto astral e diferente,as da vaquinha é demais!!!aqui o tecido é muito caro entao nem me aventuro a comprar é um absurdo

Agora sobre este texto que vc colocou neste post nossa me tocou fundo amiga realmente concordo com tuo escrito nele
"Que consigamos docemente viver... sentir, amar...e com isso, a gente Fique Feliz!!"
lindo amiga de verdade bjo e tenha um maravilhoso final de semana repleto de muitas artes sempre!!

Vivi Arteira® disse...

Lembra a resenha que estava fazendo esta semana, dizia quase o mesmo que vc citou hj, pq é tão dificil falar a verdade, ser realista...
Super bj...

Sonhos de Crochê disse...

Olá Gezinha
Fico imaginado o frio,com todo esse nevoeiro.
Não consigo receber resposta da minha parceira de troca.
Lindo esse tecidos,esse das vaquinhas é demais.
Um bom final de semana

amo artesanato disse...

Oi Gezinha, espero que tenha melhorado da gripe e tudo mais. Um lindo final de semana a você e a familia. Beijos.

Maria Helena

Mary disse...

Oí seu blog tem coisas muito lindas, tenho um desafio no meu blog participa, beijos.

Wal disse...

Oí linda, o texto é lindo e concordo com você, um beijinho e um ótimo final de semana.

amo artesanato disse...

Gezinha tem um mimo pra você no meu blog, um grande abraço fraternal.

Maria Helena